A abdominoplastia é uma das cirurgias plásticas mais procuradas, uma vez que remodela a silhueta e pode corrigir a incômoda “barriguinha”, que assombra homens e mulheres. Apesar dos resultados positivos, é comum os pacientes temerem as futuras cicatrizes, naturais em qualquer intervenção cirúrgica.

A evolução da cicatriz é muito lenta e o paciente tem que ter muita paciência, pois será preciso uma série de cuidados no pós operatório para que fiquem com o melhor aspecto possível, pois serão definitivas.

A cicatriz da abdominoplastia fica estrategicamente localizada na linha do biquíni, (geralmente na mesma linha da cesárea) logo acima dos pêlos pubianos, prolongando lateralmente podendo ser em maior ou menor extensão, dependendo da flacidez abdominal a ser corrigida. A cicatriz é bem estudada para ficar escondida sobre as roupas intimas e biquinis, vai melhorando o aspecto gradualmente após a cirurgia. Geralmente em até 2 anos já se tem o resultado definitivo.

O tamanho final da cicatriz da abdominoplastia depende de fatores como localização dos excessos, bem como da quantidade de tecido que será retirada. Normalmente, o formato da cicatriz de abdominoplastia é uma linha próxima à região pubiana que se estende ao longo do quadril, facilmente camuflada sob trajes íntimos ou de banho. 

Existem casos em que, por falta de elasticidade da pele, o cirurgião utiliza outro modo de incisão. O chamado T invertido se caracteriza por um pequeno traço vertical que complementa a incisão inferior, para que a pele se recupere com aspecto natural. A necessidade da cicatriz neste formato se deve à anatomia do abdômen e elasticidade da pele de cada paciente, individualmente, o que não deve ser interpretado como o resultado de todas as cicatrizes de abdominoplastia.

A cicatriz pode parecer piorar durante os primeiros meses de sua abdominoplastia, ficando mais larga e escura, mas logo achata e a cor fica mais perto da cor da pele, ficando cada vez menos visível. Esse é um processo que causa bastante preocupação aos pacientes, mas com um bom pós-operatório, seguindo o que o médico preescrever o resultado final é muito satisfatório.

Uma das preocupações de um paciente que pretende fazer a abdominoplastia é relacionado ao umbigo. Só é necessário o reposicionamento do umbigo, a fim de se obter um resultado estético melhor, nos casos em que a remoção de pele é muito grande. Quando o umbigo é refeito, a cicatriz fica localizada dentro da cavidade umbilical, ou seja, não fica visível.