Mastopexia ou lifting de mama é a Cirurgia para levantar os seios

É um procedimento para corrigir mamas flácidas. O cirurgião plástico reduz e rejuntam o tecido da pele para levantar os seios para a posição desejada. A pele mais apertada cria um suporte para o peso da mama. Esta cirurgia pode ser realizada junto com o aumento com prótese ou a redução de mamas.

Como a cirurgia plastica pode ajudar a corrigir mamas flácidas ?

 

A cirurgia de mastopexia visa levantar a área do busto e aumentar os seios. Ao contrário da mamoplastia de aumento, está é uma técnica voltada para a modificação da posição da mama, ela pode ser feita de forma isolada ou combinada com a colocação de prótese de silicone ou com a cirurgia redutora. É importante lembrar que a cirurgia não altera, significativamente, o tamanho dos seios ou preenche a parte de cima da mama (colo).

Porque os seios caem?

Como outras partes do corpo, as mamas sofrem alterações decorrentes da genética, envelhecimento, gravidez e amamentação, ganho de peso ou perda de peso e alterações hormonais. Seios firmes e simétricos geralmente começam a cair, deixando com um aspecto pesado ou flácido. O lifting dos seios tem por objetivo deixar a mama firme novamente, definindo as curvas do corpo e dando aos seios uma aspecto jovial.

Qual o melhor método para levantar os seios?

Embora muitos fatores contribuem para seios flácidos, o processo de envelhecimento e os efeitos da gravidade desempenham um papel importante nestas mudanças. Os seios de uma mulher ajudam a definir sua feminilidade,  as formas, tamanhos e aspectos diferentes dos seios ajudam a determinar a sua personalidade. Por este motivo, as alterações que podem ser desagradáveis e fazer as mulheres se sentirem menos femininas e descobrirem que a vitalidade da juventude foi perdida. 

Seios caídos após a amamentação

Durante o aleitamento, os lóbulos e ductos são responsáveis pela produção e transporte do leite ao mamilo, respectivamente. Glândulas mamárias são rodeados por uma camada de tecido de gordura o que lhe confere a sua forma e leveza. Os ligamentos  são responsáveis pela suspensão dos seios que são feitas a partir de tecido fibroso e conjuntivo, são entrelaçados entre as glândulas mamárias e dutos. As mamas aumentam durante a gravidez e lactação, o que faz com que a pele estique ainda mais. Como os seios reduzem em tamanho após a gravidez, a pele que foi esticada se tornará flácida. Finalmente, as alterações no peso ou mesmo as alterações hormonais podem alterar a aparência das mamas. Estes elementos combinados, podem fazer a mama cair ou até mesmo pender para baixo.

Queda das mamas e os método cirúrgico indicado para a correção

O médico irá avaliar o grau de ptose, ou queda dos seios, para determinar o processo mais correto. Habitualmente, existem três graus de ptose (queda), são enumerados como leve, moderado e grave, que são medidos pela posição do mamilo em relação ao sulco inframamário e do esterno. Normalmente, a leve ptose é quando a aréola esta fixa no sulco inframamário, se a aréola estiver em torno de um ou dois centímetros abaixo do sulco inframamário e a chamada de ptose moderada. Os casos de ptose grave são aqueles que o mamilo estão entre dois ou três centímetros abaixo do sulco inframamário e se inclinam para baixo. Há quatro métodos básicos de mamoplastia, usados para corrigir graus cada vez maiores de ptose, respectivamente conhecidos como:

  • periareolar
  • circumareolar
  • vertical
  • âncora

 

Técnica periareolar

Uma técnica periaureolar ou aumentando, implica uma incisão no topo da auréola. Este procedimento é menos agressivo e permite atingir um pequeno grau de elevação. Por esta razão, é recomendado para pessoas com mamas pequenas ou uma pequena ptose nos seios.

Técnica circumareolar

A técnica circumareolar ou de rosca (donut) é uma procedimento que envolve uma abertura circular em torno da aréola. Este procedimento é menos agressivo permitindo grau de elevação pequeno. Devido a isso é recomendado para mulheres com seios pequenos e pouca flácidez mamária.

Técnica vertical

A técnica vertical consiste em uma incisão em forma de V que vai do contorno superior da aréola até abaixo da linha média da mama. É um processo um pouco mais invasivo mas os seios chegam a ter um alto grau de elevação. Por esse motivo, esse tipo de incisão é indicado mulheres com mamas grandes e ou que apresentam uma flacidez acentuada nas mamas.

Técnica em âncora

A técnica em âncora é uma das mais usadas atualmente e consiste em uma abertura no formato de âncora que se estenderá do contorno superior da aréola e lateralmente na porção inferior da mama. Esse tipo é o mais invasivo, e chega a ter um alto grau de elevação nas mamas. É indicado para pessoas com seios grandes e que apresentam grande flácidez nas mamas.

Como fica a cicatriz no lifting das mamas, do levantamento dos seios?

 

Duração da cirurgia

A duração de um procedimento para o levantamento dos seios pode variar de uma a quatro horas, dependendo de sua complexidade e se um procedimento adicional, como a colocação de próteses, será realizado ao mesmo tempo.

Pré-operatório da cirurgia do lifting seios

Antes do início do procedimento, a área a ser tratada é limpa, e um anestésico será administrado. O médico provavelmente aplicará uma anestesia geral onde você dormirá durante o procedimento. Além disso, serão desenhadas as linhas da incisão para indicar as áreas da pele que serão removidas.

Recuperação da cirurgia

O médico pode recomendar o uso de um certo tipo de malha de compressão após o procedimento. Essa malha apertada ajudará a diminuir o inchaço evitando a formação de líquido, além de proporcionar conforto e sustentação. Talvez você tenha que usá-la por algumas semanas.

  • Se houver drenos cirúrgicos, eles, além das bandagens, serão removidos em alguns dias;
  • os pontos indissolúveis podem permanecer durante uma ou duas semanas;
  • Pode ser que você sinta dor leve e observe inchaço e hematomas, assim como dormência ao redor da aréola, que devem desaparecer em algumas semanas.
  • recomenda-se evitar atividades pesadas, como a prática de exercícios, por três ou quatro semanas após o procedimento, de modo que seu corpo tenha tempo suficiente para cicatrizar.

como fica os resultados da cirurgia?

Você notará uma diferença drástica no formato e na posição das mamas logo após o procedimento. Ainda observará mudanças em sua aparência à medida que o inchaço diminuir e as mamas se adaptarem às novas posições. Na verdade, pode levar um ano até que os resultados finais sejam visíveis. Embora as cicatrizes resultantes da mamoplastia para o levantamento dos seios sejam permanentes, com o tempo, elas ficam pouco perceptíveis, tornando-se linhas finas e brancas. É importante observar que, se você engravidar após uma mamoplastia de aumento, os efeitos da gestação e da amamentação poderão comprometer os resultados e fazer com que suas mamas fiquem flácidas e mudem de forma novamente. Apesar do lifting dos seios não impedir o processo de envelhecimento, ela pode ajudá-la não apenas a melhorar a posição de suas mamas, como também deixá-las mais firmes por muitos anos.