O que é a Timpanoplastia?

é uma cirurgia que visa o fechamento da perfuração timpânica,  erradicação das infecções e, se possível, melhorar a audição restaurando os ossinhos (martelo, bigorna ou estribo) que estejam alterados.

As perfurações timpânicas (timpanos perfurados) podem ser causadas por infecções intensas ou por traumas locais e causam redução da audição em diversos graus e facilitam a contaminação do ouvido médio, levando à drenagem de secreção pelo conduto.

As infecções crônicas de ouvido podem ser divididas didaticamente em três grupos:

Otite Média Crônica Simples:

Este termo se aplica aqueles pacientes com perfuração no tímpano, mas que conseguem deixar o ouvido seco, isto é, sem infecção por um longo tempo ou a infecção é fácil de ser tratada com medicamentos;

Otite Média Crônica Supurativa:

São aqueles ouvidos que mesmo com medicamentos e cuidados não conseguem ficar sem infecção (supuração);

Otite Média Crônica Colesteatomatosa:

Onde já existe um colesteatoma no ouvido, que é, basicamente, o crescimento de pele dentro do ouvido, onde não deveria ter pele. O colesteatoma não permite um ouvido saudável e, com seu crescimento, outras estruturas próximas podem ser acometidas, como o labirinto (surdez, tontura e zumbido), o nervo facial (paralisia facial) e meningite ou abscessos cerebrais.

Qual anestesia é usada na cirurgia de timpanoplastia?

A cirurgia pode ser feita com anestesia geral ou anestesia local e sedação.

Onde é feito a cirurgia?

Dependendo do tamanho da perfuração no tímpano pode ser feita através do canal auditivo, por um pequeno corte no canal ou por um corte atrás da orelha, com o auxílio de um microscópio cirúrgico, o cirurgião reconstrói a cadeia ossicular e encerra a perfuração timpânica.Para reparar o tímpano pode ser usada uma membrana que recobre um músculo ou que recobre uma cartilagem da orelha.

Qual o tempo de permanência no hospital?

O tempo de permanência no hospital normalmente é de um ou dois dias.

Quando é indicado a timpanoplastia?

Indicados para os pacientes que sofrem de otite média crônica caracterizada por perfuração da membrana timpânica, episódios de supurações intermitentes ou persistente, e perda da acuidade auditiva.

Com qual idade pode ser feita a timpanoplastia?

O paciente deve ter mais de 11 anos de idade.

Pós operatório 

Depois da cirurgia podem ocorrer tontura e zumbido, por algum tempo.