Instituto Wanna

Sudorese Axilar com mau cheiro – Bromidrose / Osmidrose

Suor excessivo nas axilas com odor o que pode ser? O suor não tem cheiro. O que provoca o mau cheiro são as bactérias e a glândula sebácea. Regiões de dobras, como axila, genitais e pés, que estão quase sempre abafados, costumam dar mau cheiro com o suor.

A umidade do suor e o calor nessas regiões favorecem à maior proliferação de bactérias. O mau cheiro vem dos gases liberados por elas. Em casos em que o cheiro torna-se forte e intenso, principalmente nas axilas ,o que chamamos de bromidrose / osmidrose.

Como tratar o odor das axilas?

O conforto de não transpirar em bicas pode começar com simples mudanças de habito e uso de alguns produtos indicados pelo médico podendo assim evitar os tratamentos mais invasivos. 

  • Evitar o uso de giletes e ceras quentes. Recomendado a depilação a laser nas axilas.
  • evitar deixar pelos nas axilas pois eles ajudam no acúmulo de bactérias.
  • Lavar bem as axilas com sabonete antibacteriano de 2 a 3 vezes ao dia com bastante espuma e enxaguar muito bem.
  • Após isso enxugar bem as axilas evitando esfregar, o correto é pressionar a toalha, inclusive pode usar o secador de cabelos na posição frio para ajudar.
  • Não “escarificar” a pele das axilas com esponjas ou buchas pois aumenta as chances de haver colonização por  bactérias.
  • Usar tipos de desodorantes (com marcas diferentes) intercalando pode ajudar no combate ao odor das axilas.
  • Passar pomada indicadas de manhã e noite ou só à noite durante pelo menos 15 dias até desaparecer o odor.

Obs:   se após 3 meses de tratamento não houver melhora, pode haver necessidade de fazer um tratamento para eliminar o suor das axilas, criando um ambiente menos favorável ao crescimento de bactérias e assim, o desaparecimento do odor.

Desodorante para combater o mau cheiro e a hiperidrose

Atualmente existem desodorantes e antitranspirantes mais fortes que são indicados para o tratamento de hiperidrose, são recomendados por serem menos invasivos e de fácil aplicação, é indicado o uso antes de partir para tratamentos mais invasivos como cirurgia, lipoaspiração e toxina botulínica. Se você já tem consciência da sua condição, precisa mesmo usar os antitranspirantes para Hiperidrose, pois este controle tem que ser mais eficaz.

Antitranspirantes para Hiperidrose possuem uma maior concentração de Cloreto de Alumínio, por isso que são capazes de interromper a transpiração local, mas são mais caros.

Uma vez que um antitranspirante é aplicado sobre a pele, a transpiração nas axilas ou em outras partes onde foram aplicados, diminui porque a pele absorve as partículas antitranspirantes tampando os poros. Na verdade é formado um tampão de gel, como se fosse uma rolha, e o suor não sai, voltando para o nosso sistema e saído pela urina na sua maioria.

Este efeito é temporário e pode dura apenas algumas horas ou dias, dependendo da quantidade de sais de alumínio contida no produto. Geralmente após o banho os poros são abertos novamente e o suor volta.

Se desodorantes antitranspirantes comuns ou especiais para o tratamento de hiperidrose axilar não ajudar no controle do suor, pode ser recomendado o uso de antitranspirante manipulados em farmácias de manipulação.  Esses desodorantes ou pomadas devem ser prescritos pelo médico, geralmente possui maior concentração de alumínio e outras substâncias para ajudar no controle do suor excessivo e do mau cheiro.